sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Abraham - Carma e Reencarnação



Convidado: Eu vim aqui para essa seção de perguntas e respostas, mas esta manhã eu decidi, a questão é se você poderia falar sobre reencarnação e carma no contexto dos Abraham.

Abraham: Isso é um pouco parecido quando alguém nos diz: “Abraham, vocês não falam muito sobre Deus” e dizemos, “nós não falamos sobre outra coisa”. E quando você pergunta sobre isso, nós dizemos, “isso não é tudo sobre o que sempre falamos? ” Nos termos de, no sentido de que você é eterno e contínuo no foco? E a Lei da Atração traz a você a manifestação equivalente à sua oferta vibracional? É realmente tão longe esta conversa tanto quanto estamos em alinhamento com isso, então, se você tem questões específicas sobre como você percebe reencarnação, ou como percebe carma, nós ficamos felizes em responder à questão específica, mas essas não são as palavras que usualmente oferecemos porque, o que a maioria das pessoas pensa sobre tudo isso não é o que sabemos ser.

Convidado:  E é por isso que eu estou pedindo esclarecimentos.

Abraham: Relativo a que?

Convidado: É meu entendimento que podemos voltar para a experiência física humana.

Abraham: Absolutamente. Pode e faz, pode e faz, pode e faz, pode e faz...

Convidado: Para sempre e sempre?

Abraham: Pelo tempo que você quiser temos visto.

Convidado: Ok, então depende de nossos desejos ou intenção?

Abraham:  você precisa entender, às vezes nossos amigos físicos, a partir de sua perspectiva física vão dizer “bem, não houve muita diversão Abraham, então estou terminando com essa vida física, diga a todos que precisam saber que eu estou terminando e eu não quero voltar”, e nós sempre nos importamos com sua mensagem, mas nós também sempre dizemos, “ mas felizmente você não toma essas decisões fora da perspectiva de seu vórtice físico, você toma essas decisões a partir de dentro do vórtice, da perspectiva não física, onde entende a delícia desta realidade linha de ponta no tempo e espaço, e você está ansioso para voltar.”

Convidado: Então, quando estamos totalmente no vórtice, em nosso corpo físico, não é quando nós podemos estabelecer essa intenção?

Abraham: Não, você não está compreendendo o que estamos dizendo. O que queremos que entenda é que, quando você reemerge no não físico, está completamente no vórtice. E a partir desta perspectiva que você toma a decisão de fluir conscientemente em um corpo físico novamente. Quando está em seu corpo físico lamentando-se sobre o quanto sua vida é difícil, e diz “eu não quero mais nada disso”, você não está tomando uma decisão, em outras palavras, você pode dizer que isso é tudo o que quer, mas quando reemerge no não físico, todos esses sentimentos serão deixados ao longo da sua trilha física, exatamente onde você os pegou.

Convidado: Podemos voltar como uma flor?

Abraham: A fim de compreender sua resposta, você primeiro precisa entender que, o que vocês realmente são é consciência, que têm a habilidade de se expressarem simultaneamente. Vocês não são um amontoado de energia não física atribuída a um amontoado de carne física. Você é uma corrente de consciência que está fluindo e focando. Então, nós passamos muito tempo como estamos agora, tentando ajudar vocês a realinharem e a reemergirem dentro da plenitude que vocês são. Enquanto está aqui em seu corpo físico neste instante, você pode perceber a partir do ponto de vista de uma flor, em outras palavras, você não precisa morrer e voltar como uma flor. Você só precisa se focar sem resistência e saberá o que essa experiência é. Faz sentido para você?
Convidado: Sim, isso faz. No entanto eu também, eu acho que entendo...

Abraham: Desculpe a interrupção, você está indo muito rápido a algum lugar e nós queremos ter certeza que você pegou isso. O consenso geral dos humanos sobre reencarnação é que vocês estão trabalhando o seu caminho subindo uma escada de Inteligência ou valor, e não é assim. A consciência que está na flor, ou no gato, ou na fera, ou no humano, é a consciência totalmente elevada e pura. Na verdade, é exibida em sua flora e fauna e em circunstâncias normais é uma frequência maior do que em humanos, então quando os humanos dizem que estão no topo da cadeia alimentar ou estão no topo da roda das encarnações, nós dizemos, na verdade não. Vocês poderiam estar, mas concentram seu foco fora disso, frequentemente. É como uma ordem que faz com que seja assim, porque as pessoas pensam assim: “eu estou morto, eu estou vivo, estou morto estou vivo” e nós dizemos: vocês estão sempre vivos e focando, focando na energia. Então, nossa conversa, interminável conversa como esta que temos com nossos amigos humanos, é para ajuda-los a encontrar ressonância com aquela total consciência, para que possa sentir a plenitude de tudo o que você é. E quando você faz isso, não sente necessidade de se definir com a precisão com a qual você faz. Você não se cataloga, ou classifica a si mesmo então, toda a sorte de características humanas, poderia ser uma flor, poderia voltar como um sapo...bem, você não está realmente esperando por isso, mas...perguntando sobre isso...

Convidado: Isso me lembrou de uma resposta sua a uma questão anterior em outro seminário, onde você falou das células de nosso corpo, que não há células do coração ou células com identidade, há um grupo de células que podem ser o que for necessário.

Abraham: Muito boa a conversa que acabamos de ter com você, e suas palavras nos deixam perceber que você entendeu completamente o que dizemos a você. Sim.

Convidado: Obrigada. Sobre a questão carma, se estou fazendo certo, então vamos dizer que viemos aqui com a intenção de uma certa experiência de vida, que essas lições às vezes são difíceis para nós...

Abraham: Não por este caminho...não por este caminho...não por este caminho...

Convidado: Por favor me ajude aqui.

Abraham: As intenções que você mantém são, para o padrão humano, as intenções que você mantém a partir do não físico, enquanto decide o que vem para fora. Seria considerado, pelos padrões humanos, como bastante geral.  Você pretende ter uma experiência agradável, pretende ter uma experiência emocionante, pretende ter uma experiência expansiva, você sabe que é livre, você pretende usar sua orientação, você sabe que está vindo, você é uma extensão desta consciência mais ampla. Mas você não está planejando cada detalhe específico a partir de sua perspectiva não física. Em vez disso, você está estabelecendo a intenção sabendo que, através da interação, novas ideias vão nascer, e então, você encontrar prazer na realização disso. Em outras palavras, você não está fazendo, você não criou esta encarnação antes de vir para cá, você está criando agora. Isso foi poderoso! Foi a melhor maneira de dizer isso. Você está criando agora.

Convidado: Então isso volta para a mesma questão das células, há um grupo geral que se torna o que for necessário no momento. E há uma ideia geral da qual eu preciso para realizar...

Abraham: Basicamente, basicamente, uma plataforma de lançamento...

Convidado:  Tipo que organiza de acordo com cada momento, cada decisão, cada situação que culmina com minha experiência de vida aqui.  

Abraham: Bem colocado.

Convidado: Obrigada.

Abraham: Algo mais?

Convidado: Muito mais...

Abraham: Então, a partir desta conversa, você está pronta para fazer uma declaração diferente sobre o que é carma?

Convidado: Sim, eu estava pensando que carma é um caso em questão, e agora o que eu penso a respeito é que carma é uma experiência geral...

Abraham: No geral, nós poderíamos definir, quando os humanos usam a palavra carma, o que eles geralmente, não sempre, geralmente estão vibrando em segundo plano é: alguém, às vezes até eu, mas alguém, em um ponto diferente do tempo e de uma perspectiva diferente, está sempre pré-planejando o que está acontecendo aqui. E em alguns casos eles acreditam que, “porque eu fui inadequado, isso está sendo planejado, e será difícil para mim, essa é a lição; para outros é: porque eu perdi algo da última vez, e isso está sendo pré-planejado para que eu sinta isso agora. ” Então, a definição que a maioria das pessoas poderia atribuir a carma é: “Carma é exposição à vida que está sendo pré-decidida, para que eu tenha características semelhantes, que provavelmente irão causar uma manifestação num padrão que está sendo pré-decidido, e meu valor será mensurado por quanto eu consigo corresponder bem àquele padrão.

Convidado: Mas o que eu entendi é que sou eu quem pré-determina.

Abraham: Nós poderíamos definir, se quiser usar a palavra, mas geralmente não é uma boa ideia pegar uma palavra que é tão mal compreendida e dar a ela uma nova definição. Porque cada vez que usar a palavra a maioria das pessoas vai voltar ao antigo mal-entendido, é como quando você usa muito a palavra Deus, vocês realmente confundiram essa. Nós definiremos carma, se você quiser usar isso, como o eterno curso natural de energia que sou eu, como eu expresso quem eu realmente sou, num eterno estado de evolução.

Convidado: Obrigada. Essa é a razão pela qual eu abordei a questão sobre carma. A noção de que estamos todos andando em círculos com essa ideia, isso é totalmente errado.

Abraham: Bem, há muitas coisas, em outras palavras, há pedaços de coisas que você pega ao longo de sua trilha física que têm pontos precisos dentro deles, em outras palavras, o núcleo de toda religião é o que ensinamos. Mas o que está acontecendo, e é por isso que falamos tanto sobre encontrar o caminho de volta para o lugar onde vocês têm seu próprio conhecimento, e então esse conhecimento pode se refletir numa versão manifestada, que dá a você o verdadeiro entendimento, porque palavras realmente não ensinam e porque pode haver muitas distorções nas palavras. O que realmente queremos que vocês entendam sobre essa experiência física é que vocês foram e são fonte de energia e em seus corpos físicos, vocês são fontes de energia também, e a coisa que mais confunde os seres físicos e os faz definir coisas como carma e Deus em uma tola sabedoria é que Deus conseguiu quase que completamente, em termos de sua perspectiva, separar-se daquela que é a Fonte. E você quer chamar Fonte de uma coisa, e junto você quer chamar a ele e sua forma humana outra coisa, e enquanto você não encontrar algum caminho para entender que que tudo isso é Um, então você pode satisfazer sua razão de ser, ou entender o que está acontecendo realmente. É muito bom quando vocês começam a lembrar quem vocês realmente são, e quem realmente todos são também.

Convidado: Nós somos todos Deuses.

Abraham: Vocês são extensões da Fonte de Energia em diversos graus de alinhamento.

Abraham Hicks Trad.: Adri Silveira




Um comentário:

  1. Muito obrigada por ter facilitado a compreensão da LDA. Vc está me ajudando muito na minha caminhada!!!! Q vc seja sempre muito abençoada!!!!

    ResponderExcluir