quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Abundância II



Vamos abordar algumas noções, e me permita acrescentar uma nova perspectiva para algumas ideias que estamos discutindo em seu despertar de consciência. Vamos começar com o que vocês frequentemente chamam de “O Grande A: Abundância”. Abundância parece ser uma questão que absorve muito de sua atenção, e parece que tem absorvido muito de sua atenção por algum tempo. Vamos falar das noções de abundância para você entender que, atraí-la para sua vida é um assunto bem simples, e não precisa ser de nenhuma forma a luta que você tem criado para ser. Muitos de vocês têm dito que abundância é certas coisas, mas não é outras coisas. 

Muitos de vocês têm estado enrolados nas definições que criam abundância, ou a aparente falta dela. Deixe-nos abordar a ideia e deixar claro em seu entendimento que são somente – SOMENTE – suas definições de abundância, que o impedem de experienciá-la em suas vidas. Não há absolutamente nada inerente à ideia de abundância, ou à experiência de abundância, de que ela seja difícil de atingir. Apenas suas definições sobre abundância é que fazem parecer que ela está além de seu alcance.
Aqui está outra definição. Você está prestando atenção? Correto. Abundância é a habilidade de fazer o que você precisa fazer, quando você precisa fazer. Tempo. “Hei, ele não falou nada sobre dinheiro. Ele deixou o dinheiro de fora. Para que serve abundância sem dinheiro? ” Bem, para que serve dinheiro sem abundância? Novamente, permita-se compreender a definição básica de abundância: a habilidade de fazer o que você precisa fazer, quando precisa fazer. 

Agora, sim, nós entendemos que em seu planeta vocês têm um símbolo de abundância chamado dinheiro. Sim, isso é válido; sim, isso é criativo; sim, isso vai mudar. Mas está tudo certo; isso ainda é válido. Isso é igualmente criativo como qualquer outra maneira de representar abundância. “O que você quer dizer com qualquer outra forma? Que outra forma? “ Bem, muitas outras formas, muitas outras formas. E essa é a dificuldade em sua definição.
Porém se você vê abundância somente como dinheiro, muito provavelmente você não vê abundância de outras formas. Você está cego, quer dizer, abundância-cego, porque “verde” é a única cor de abundância que você permite chegar.  (Referindo-se à cor verde das notas de dólares. NT).

Mas abundância chega em total espectro. A ideia é que você deve relaxar na sua insistência de que “deve chegar desta certa maneira, ou eu não aceito. Eu não vou reconhecer se eu não puder ver isso, e isso, em tal e tal data, até o último centavo. Caso contrário, eu não sou abundante. O que está errado comigo? Eu não posso atrair essa quantia de dinheiro até essa data, porque eu preciso dele para isso e eu preciso dele para aquilo. O que está errado comigo? “ Novamente, isso são somente definições. 

Se você se permitir entender que abundância é simplesmente de qualquer maneira, forma ou formato, sua sincronia automática que pode atrair para sua vida o que você precisa, que o permite fazer o que precisa fazer, quando precisa fazer, então, vai reconhecer que é muito abundante e tem sido há algum tempo. Quando o dinheiro é o caminho mais forte para que um tipo de abundância possa ser realizada, o dinheiro estará lá. Você atrairá a oportunidade de o dinheiro chegar a você. Mas quando o dinheiro não é a maneira mais simples, quando não é o caminho de menor resistência, essa provavelmente pode ser a última forma como ela irá se manifestar. Você pode estar recebendo muitas outras maneiras onde a abundância está se manifestando em sua vida, ou melhor dizendo, tentando se manifestar em sua vida. Mas você pode não estar permitindo, mais uma vez, por causa de suas definições.

A Pessoa Rica: eu vou dar a vocês uma analogia. Essa analogia se harmoniza diretamente dentro do conceito de sistemas fundamentais de crenças inconscientes. Quando estão crescendo, muitos indivíduos em seu planeta ouvem várias histórias, parábolas, como você costuma chamar. E possivelmente um dia você ouviu a parábola “A Pessoa Muito Rica. ” E sendo uma criança pequena, estando aberto para toda a informação, você se sentou lá e assimilou essa parábola. E essa parábola diz, “Essa pessoa é extremamente abundante”. E ao mesmo temo diz, “Essa pessoa é extremamente medíocre, pessoa obscena”. Então sua pequena mente em construção diz, “Oh, abundância é igual a grosseria”, e os dois se juntam. As duas ideias se casam e se fundem em sua matriz de consciência de crenças. Então um dia, quando você já tiver esquecido que ouviu aquela parábola, você cresceu e disse para si mesmo: “Você sabe, eu gostaria muito, muito de ser abundante. Eu gostaria muito de ser rico. ” Mas então, de repente, em algum lugar lá no fundo, tão profundamente que você pode nem sequer ouvir, uma pequena voz diz, “mas se eu me tornar rico, eu vou me tornar grosseiro, e que não quero isso, então, eu não vou me deixar ser rico. ” 

Agora, quando você começa a mergulhar profundamente em sua meditação, quando está tranquilo dentro de você mesmo e mergulha de volta, através de sua própria história pessoal e descobre quais crenças você tem em relação às situações em sua vida, incluindo abundância, e onde você tem essas crenças e porque as tem, então você pode reconhecer como sabota a si mesmo, constantemente um próprio curto-circuito, por “carregar nos ombros” um sistema de crenças que não faz nenhum sentido serem mantidas juntas. 

Quando entender que pode ter crenças como as que acabei de mencionar, você pode então esclarecer a questão dizendo: “Ah, mas agora eu entendo, a pessoa pode ser rica sem qualquer significado. Agora eu entendo isso. Mas eu tive que entender que eu não acreditava ser possível antes desse ponto. Eu equiparei maldade e abundância como um conceito e, portanto, não iria me permitir ser rico, porque eu não queria ser desagradável. Eu não queria toda a imagem do que eu pensei que significava ser rico. Agora, como eu prefiro acreditar que é ser rico? ” Redefina, reescreva suas definições pessoais. Depois de entender o que a definição é, reescreva. Use sua imaginação. Reescreva a crença da maneira que você prefere que ela seja. “Eu sou um indivíduo amoroso, gentil, bonito, artístico, criativo, rico. O tipo de pessoa que eu prefiro ser. E agora sei que posso ser, não importa o que eu quero ser, sem ter que de qualquer maneira machucar alguém ou a mim mesmo. ” Esse é o verdadeiro poder. 

Poder: quando entender que você já é poderoso como quer ser – sem ter que machucar alguém ou a si mesmo – a fim de criar a realidade que prefere, então você entende o Verdadeiro Poder. Poder não é “controle”. Não é “dominação”. Não é se “esforçando em tentar” fazer sua realidade com força de vontade. Não. É simplesmente focar. É simplesmente a clareza sobre quem e o que você é. O eu que você prefere. E clareza sobre o que você acredita que merece. Esse é um grande tema, merecimento. Grande tema, especialmente a respeito de abundância. “Eu mereço ser abundante? ” Mas novamente, são as próprias ações; é a própria realidade que diz tudo. Você está disposto a acreditar até o ponto onde você está com vontade de ser isso? Você está disposto a agir, a ser aquela pessoa, aquela pessoa abundante, que pode atrair essa realidade para si mesmo?
Enquanto confia que não está evitando algo que necessita observar, você deve confiar em seu entusiasmo, essa é a coisa a seguir; então aja nessa direção. 

A Casa dos Sonhos: imagine que você está muito empolgado sobre ter uma linda casa dos sonhos. “Eu adoraria viver numa casa. Oh, olhe para aquela na colina lá em cima, e aquela outra. Isso é meu símbolo. Isso é o meu modelo. Eu quero uma casa como aquela. É meu sonho de consumo viver numa casa como essa. Bem, agora, como eu posso viver numa casa como aquela? Eu não posso me dar a esse luxo. Eu não tenho o dinheiro. Eu acho que terei que arrumar um emprego. Eu não estou muito empolgado sobre arrumar um emprego, mas essa é a única maneira que eu posso pensar. Eu terei que arrumar um emprego. Eu terei que trabalhar duro. Eu terei que economizar muito dinheiro, e talvez, em alguns anos, talvez, eu possa ter uma casa como aquela da colina. Então, é melhor eu ir conseguir um emprego."

Então você digitaliza seus documentos. Você realmente não vê nada empolgante, mas você vê uma casa que é, oh, tolerável. Você diz: “Bem, vale a pena, porque eu terei a outra casa algum dia. Vale a pena sofrer agora porque eu serei recompensado mais tarde. “ Isso é o grande problema na religião. Que por sinal é bastante original para o seu planeta. Volta para casa. Agora, você está andando pela rua com os papéis debaixo do braço, pronto para ir a uma grande entrevista de emprego, para um trabalho que você sabe que não é empolgante. “Mas está tudo certo, está tudo bem. É a vida. “ Então você topa com um amigo.
 -“Hei, tudo bem? Como você está? Por que não se junta comigo para um almoço? ”
-“Bem você sabe que essa é uma proposta muito emocionante comparada com o que eu tenho que fazer. Definitivamente mais excitante do que ir a essa entrevista de emprego. Mas não, eu não tenho tempo. Eu tenho que ir. Se eu não for a essa entrevista eu perderei o emprego. Eu não serei capaz de conseguir o dinheiro. Eu nunca terei minha casa, e ela realmente me empolga. “
 -“Bem você precisa comer. Não pode manter o trabalho se não cuidar de suas energias. ”
Então você diz:
-“Bom argumento. Eu vou reservar um tempinho, porque é mais divertido, eu vou separar um tempinho, mas eu não posso me atrasar, eu não posso me atrasar. ” 

Então vocês vão. Você segue seu entusiasmo. A coisa mais divertida que você pode fazer naquele momento. De todas as coisas que poderia fazer, você escolheu a que mais o empolgava no momento. E você foi almoçar e teve um momento muito bom. Oh, e você diz: 
-“Como o tempo passou. Oh não! Oh não! Eu perdi minha entrevista de emprego. Agora eu nunca terei o trabalho. Agora eu jamais terei o dinheiro. Agora eu nunca terei minha casa. Oh não. ”

E você fica sentado lamentando o fato, o amigo de um amigo chega, se senta e diz:
-“Olá, prazer em conhecê-lo. Mas por que essa cara triste? ”
-“Bem é uma longa história. ” 
E você passa por toda a coisa porque a miséria adora companhia. E você se enrola com isso:
-“Agora eu jamais serei capaz de comprar minha casa dos sonhos. E eu adoraria ter uma casa como aquela, sabe, como aquela na colina, naquela rua...”
-“O que, em tal e tal rua? Quer dizer lá no topo? ”
-“Oh sim, eu adoraria ter uma casa como aquela. Eu adoraria viver em uma casa como aquela. Isso realmente me empolga. Não o emprego. O emprego não me atrai. Mas agora eu nunca poderei ter aquela casa. Eu não tenho dinheiro e não terei o dinheiro. ”
-“Mas espere um momento. ” Diz o novo amigo. “Aquela é minha casa. E você sabe de uma coisa? Eu estava muito feliz ao ver meu amigo aqui porque eu estou saindo para uma longa viagem, por cerca de três anos. Eu ia perguntar se ele conhecia alguém que gostaria de ficar em minha casa e cuidar dela. ”
-“Você quer dizer que se eu tivesse ido àquela entrevista de emprego, eu nunca teria vindo a esse almoço, e eu nunca o teria conhecido, e você nunca teria me oferecido a oportunidade de morar de graça na minha casa dos sonhos? Oh, eu aceito isso. ”

E gora, vem o painel dos sarcásticos: “Isso é um conto de fadas. A vida não funciona desse jeito. Isso é muito bom para ser verdade. É apenas uma coincidência. Nunca acontece em um milhão de anos. Uma chance em um milhão. Quais são as chances de isso acontecer? ” Está certo, obrigado sarcástico, você disse o que queria. Até logo. A vida trabalha dessa maneira, todo o tempo, a cada momento, cada segundo, quando você permite isso, seguindo a coisa que mais o entusiasma; permitindo que a sincronia positiva trabalhe para você, da mesma forma que vem permitindo sua sincronia negativa trabalhar para você. Sim, é uma coincidência, mas não é acidental. A ideia de “perder o barco” é uma sincronia negativa, porque é um perfeito reflexo cronometrado de seus medos e dúvidas.

Conto de Fadas: Timing perfeito é algo que você sempre tem. É simplesmente uma questão de saber se você tem um timing perfeito das coisas que você quer ou das que não prefere. Isso é tudo. Seu timing é sempre impecável. O que vem para você é totalmente baseado no Terceiro Absoluto (O Projeto Básico da Estrutura da Existência segundo Bashar: 1- Você existe. (EU SOU); 2- O Tudo é um, e o Um é tudo; 3- O que você emite é o que tem de volta. 4- A única constância no Universo é a mudança – exceto para os três primeiros postulados, que nunca mudam. NT). O que você emite é o que você recebe de volta. Seguir seu entusiasmo permite você ficar em um alto nível de energia e em uma alta sincronia positiva. Então, a realidade que você recebe de volta é parecida com o que vocês chamam de “conto de fadas”. É mágica. É milagrosa. Lembre-se, o milagre é a regra; é a ordem natural das coisas. Quando os milagres não acontecem, isso é uma exceção. 

Permita-se começar a perceber que você é um milagre. Você é mágico. Nada é demasiado bom para ser verdade. Nada. Zero. Zip. Isso é real, essa é toda a verdade. Essa é a coisa mais surpreendente que você está descobrindo, e que muitas pessoas estão descobrindo nesta era de expansão em seu planeta. Isso é que o que lhe foi ensinado a acreditar "nada mais é que um conto de fadas," é na verdade a realidade. Você vai acordar em um novo sonho, um sonho de consciência. Absoluto.  
Agora, entenda que quando começa nesse caminho consciente, quando você acordar e começar a ver as coisas, muitas começarão a acontecer. Primeiro de tudo, como ilustramos, você começa a reconhecer que a abundância vem de muitas formas. Às vezes você pode simplesmente encontrar alguma coisa ou fazer uma troca, ou fornecer um serviço, ou receber, em uma variedade de formas, as coisas que você precisa ou quer fazer. A habilidade de fazer as coisas quando precisa fazê-las. Se aquela pessoa insistisse no dinheiro, poderia ter levado anos para comprar a casa. Porque ele não insistiu, porque ele seguiu seu entusiasmo, ele tem a casa agora. Sem dinheiro, sem dinheiro necessário nunca. Eles têm a experiência que querem, a experiência.

Não insista em que a situação tenha que ser de uma determinada maneira. Essa é a primeira coisa que você deve aprender sobre abundância, de que ela existe de muitas formas. Deixe que ela venha para você, não feche a porta. Deixe que ela venha...seguindo seu entusiasmo. A próxima coisa que deve aprender é que assim que começar a rolar, você deve continuar. Você deve continuar a agir com as oportunidades que chegam a você, as que atrai para sua vida.
Entenda que quando foca no caminho negativo, as oportunidades ficam invisíveis para você. Literalmente você não as vê. Mas quando você se abre para a ideia de que é automaticamente alinhado e sincronizado com tudo que necessita, você começa a ver as coisas que sempre estiveram lá, mas que não podia ver.  Então você deve agir, em cada momento, na coisa que mais o entusiasma e que você tem a mais alta capacidade para agir. Às vezes, situações vão se apresentar, onde você fica igualmente animado sobre fazer. Aja naquela onde tenha o mais elevado grau de capacidade para agir, porque sua capacidade de agir em várias direções que o entusiasmam nunca será exatamente a mesma. Elas nunca serão iguais. 

Aja de acordo com o entusiasmo que você tem o mais alto grau de capacidade para agir. Agora, vendo mais uma coisa, que o entusiasma igualmente, pode haver uma abordagem global, uma categoria de coisas abrangentes, que se colocarmos juntas representam a coisa mais empolgante que escolhe fazer. E essas coisas igualmente interessantes são simplesmente manifestações diferentes da mesma coisa mais emocionante. Deixe que seja a sua pista para a coisa que mais o entusiasma.
Você não precisa ter uma carreira para toda vida, no sentido de saber o que o entusiasma mais nesse momento. Você pode dar um passo de cada vez.  Qual a coisa que mais o entusiasma – nesse momento? Fique nesse momento. De qualquer modo, ficar nesse momento é a melhor maneira de realizar uma carreira para a vida toda. Fazer o que mais o entusiasma, a qualquer momento que você tenha a capacidade de agir, vai levar você automaticamente, sem esforço e abundantemente para a próxima situação que você precisa estar, para fornecer a você a capacidade de fazer a próxima coisa mais emocionante que você poderia fazer. Então, siga essa linha. Entusiasmo é o caminho. Siga isso. Você colocou isso para fora, siga isso; é o seu caminho. 

Agora, muitos de vocês já começaram a seguir o seu entusiasmo na vida. Muitos de vocês já começaram a agir sobre as oportunidades que atraíram para suas vidas. E muitos de vocês já chegaram a um novo patamar, que agora eu vou abordar. Às vezes você diz: “Bem, eu tenho feito o que mais me entusiasma, e eu tenho reconhecido as oportunidades que chegam para mim, e tenho agido de acordo com elas. E de repente, alguma coisa parou. Eu comecei a ver traços de oportunidades, mas nada completo. Sem direção totalmente óbvia ou aparente. O que está acontecendo? Eu estou voltando para minha negatividade? O que está acontecendo comigo? ”

Tudo certo. Um limiar muito importante a lembrar. Você é um criador e em certo ponto você está tendo expectativas, em certo sentido, através de suas ações para agir mais como um criador. E o que isso significa é: como você cria a capacidade de agir, de acreditar, de ficar entusiasmado, de seguir seus sonhos, e como você atrai as oportunidades de todas as formas, vai chegar um momento em que, de repente você vai mudar, ao invés de atrair oportunidades, vai começar a ter expectativas de criar a oportunidade. Criar a oportunidade, literalmente, como você diz, “do princípio”. É aí onde você realmente tem que ser corajoso, onde você realmente tem que estar inspirado. Onde você realmente tem que usar sua imaginação e toda sua criatividade para realmente inventar, criar, para manifestar a partir do nada, a oportunidade onde você pode, então, agir. Agora você está se puxando pelo seu próprio esforço. 

Nesse ponto, você está realmente criando os degraus para os próximos passos que der. Não apenas esperando por eles para dar o próximo passo, para agir, ou ver a oportunidade chegando. Sim, até certo ponto. Mas depois desse ponto, você realmente deve construir o próximo degrau antes que dê o próximo passo.  Você entenderá o que quero dizer com isso, se já chegou a esse ponto, ou quando chegar, porque você vai chegar. Mas é onde está sua plena floração e onde todo o poder de criatividade é esperado para apoiar. Onde você tem que olhar para as coisas como nunca olhou antes e ver a capacidade em "nada" para criar uma oportunidade. Para ver coisas que podem ser completamente dissociadas para a maioria das pessoas, mas ver como elas se conectam e, em seguida, conectá-las. Para criar uma coisa nova, uma oportunidade não apenas para você, mas para todas as pessoas envolvidas nessa conexão. Então você realmente tem o alto poder. Então você está realmente começando a dar os primeiros passos de bebê na verdadeira criação. Verdadeira manifestação. 

Verdadeira manifestação: Agora, apenas por um momento, vamos usar o que você tem como trampolim para o próximo nível. O que tem experienciado agora é apenas um infinitesimal átomo de êxtase, abundância, e fluxo, e sincronismo que você pode experimentar em sua vida. Você acha que poderia viver esse êxtase? Ou você simplesmente acabou de explodir? Tudo bem, então, não diga que você não sabe como proceder. Você sabe. Tudo que você tem a fazer é usar sua imaginação da mesma maneira que você usa neste dia de seu tempo, em qualquer direção que você deseja. Não há limitações. Não há limitações.

Crie a realidade que preferir. Crie o que sua imaginação é mais forte e mais magnética para atrair. Vá e se junte a pessoas que você sinta serem os representantes da vibração que quer em sua vida. Deixe que eles passem isso a você.  Seja aquela pessoa agora. Aja como a pessoa que quer ser agora. Faça o que aquela pessoa faria agora. Seja ousado em cada atitude que o entusiasma, como tem sido nesse dia de seu tempo. Você deu a si mesmo o perfeito exemplo, se criou sozinho. Você não está de forma alguma carente de criatividade e fluxo, como você tem muito fortemente ilustrado. Assim, a partir deste ponto em diante, quando disser que não sabe como proceder, eu não vou acreditar em você.

Obrigado por essa troca agradável e divertida, arrebatadora, sincrônica e abundante.
[Aplausos do público]
Seu aplauso é para vós completamente. Obrigado por valorizar quem você realmente é e o que realmente pode fazer quando finalmente decidir se alinhar.

Bashar (Darryl Anka)
Tradução: Adri Silveira

Um comentário:

  1. Perfeito. Quero mais deste conhecimento prática e vivência em meu mundo de criações e realizações.
    Beijos Dri

    ResponderExcluir